Menu Digite o nome da receita, ingrediente...

Mais de 30.000 deliciosas receitas!

Conecte-se com Facebook Close search

Marly Helena Vanlerberghe

Bûche de Noël

Por Marly Helena Vanlerberghe

Tradição europeia que remonta ao século XII. Trata-se do costume de escolher um grande tronco que era aceso na lareira, em geral pelas mulheres, no dia 24 de dezembro e que deveria durar até a noite de 25 de dezembro. As centelhas que saiam do fogo e até as sombras que formavam tinham significados especiais e as cinzas eram guardadas para serem usadas contra tempestades, para curar algumas doenças e fertilizar a terra. O costume de fazer esta sobremesa de Natal é atribuída a um confeiteiro francês, Pierre Lacam, por volta de 1879. A versão mais decorada teria acontecido em 1945 quando um outro confeiteiro francês acrescentou enfeites natalinos ao tronco coberto de chocolate, ranhurado com auxílio de um garfo, imitando o velho tronco que queimava nas lareiras medievais. Esta sobremesa é uma gostosa tradição que vale a pena ser seguida e tem muitas variações de acordo com o gosto e receitas de cada confeiteiro.

Esta receita está participando do Especial de Natal 2013 do Receitas sem Fronteiras e nos foi gentilmente cedida por Marly Helena.

Clique aqui e conheça todas as receitas participantes do Especial de Natal do Receitas sem Fronteiras

Google Ads
Mestre Cuquinha comenta

Tradição europeia que remonta ao século XII. Trata-se do costume de escolher um grande tronco que era aceso na lareira, em geral pelas mulheres, no dia 24 de...

Avalie esta receita 4.4/5 (579 Votos)

Ingredientes

  • Genoise:
  • 125 g de chocolate em barra meio amargo
  • 4 ovos
  • 50 g de farinha
  • Recheio:
  • 1 lata de leite condensado
  • 20 g de amêndoas (ou nozes) raladas
  • cerca de 2 colheres (de sopa)
  • 20 g ou mais de chocolate em barra meio amargo
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • Cobertura:
  • 150 g de chocolate ao leite (ou meio amargo)
  • 50 ml de creme de leite fresco
  • 1 colher (sobremesa) rasa de manteiga

Detalhes

Complexidade: Médio
Tempo de preparação: 40min.
Tempo de cozimento: 25min.
Custo: Dispendioso

Preparação:

Etapa 1

Derreter o chocolate, em pedaços, em banho-maria e deixar amornar.

Separar duas claras que serão batidas em neve firme com uma pitada de sal. Colocar os dois ovos e as gemas restantes em uma tigela de bater bem. Acrescentar aos poucos a farinha, continuando a bater. Colocar o chocolate derretido e misturar bem.

Etapa 2

Preaquecer o forno a 150°. Forrar um tabuleiro médio com papel manteiga untado e colocar a massa. Levar a assar por cerca de 15 a 20 minutos.

Etapa 3

Enquanto isto, leve ao fogo o leite condensado, o chocolate (em pedaços), a manteiga e as amêndoas e faça um brigadeiro em ponto mais mole. Deixe esfriar.

Etapa 4

Quando a "genoise" estiver assada, desenformar ainda quente sobre outra folha de papel manteiga (untado ou polvilhado com açúcar) e enrolar como rocambole. Deixar esfriar enrolado.

Etapa 5

Para preparar a cobertura: picar o chocolate e levar a derreter em banho-maria. Colocar a seguir a manteiga e o creme de leite e deixar amornar.

Etapa 6

Quando o rocambole estiver frio desenrolar, espalhar o recheio e tornar a enrolar. Colocar no prato de apresentação e cortar as pontas. Com estes retalhos, formar dois rolinhos que serão colocados sobre o rocambole para imitar pedaços de galhos cortados. Cobrir com a ganache e fazer ranhuras com um garfo para imitar a casca do tronco. Pulverizar chocolate em pó, ou cacau em pó ou açúcar de confeiteiro (para imitar neve). Decorar com motivos natalinos a gosto.

A "genoise" de chocolate pode ser substituída por qualquer outra receita de "genoise" como, por exemplo, a de amêndoas ou rocambole tradicional ou outra a gosto. O recheio também pode ser substituído por doce de leite com nozes, geleias espessas ou outro. O importante é o acabamento final para manter a tradição da " Bûche de Noël ".

Sugestões

Receitas e dicas em vídeo!

Video dica: como retirar a pele das amêndoas facilmente

Quando queremos fazer farinha de amêndoas ou mesmo torrá-las para alguma receita, nada é mais chato do que retirar aquela pelinha que fica colada nelas. Aprenda como retirá-la de um jeito rápido e fácil! 

 

Comentar essa receita

Peru à Brasileira Codornas ao molho de foie gras