Menu Digite o nome da receita, ingrediente...

Descubra os sabores da África em 9 pratos deliciosos

Por,
Receitas sem Fronteiras

Eles são chamados de Kuku Paka, Yassa ou Shakshuka e não são encontrados em nosso menu com frequência. Vale a pena descobrir estes pratos típicos africanos! Se você também deseja ampliar seus horizontes culinários, dê uma olhada em nossa deliciosa coleção de receitas hoje:

© iStock / Getty Images Plus / ALLEKO

Kuku Paka do Quênia

Kuku Paka é um prato queniano com influências árabes, indianas e africanas, que também é popular e frequentemente comido na Tanzânia e Uganda. O que distingue esta iguaria de outros curry de frango é o breve cozimento do frango antes de ser adicionado ao molho de curry. Isso lhe confere um aroma de fumaça, o que confere ao prato seu toque típico de fumaça.

Você já está com fome? Pois então vamos ao fogão!

Para 4 pessoas, você precisa de:

  • 4 coxas de frango (alternativamente: filé de peito de frango)
  • 2 colheres (de sopa) de óleo de coco
  • 1 cebola grande, primeiro cortada em quartos e depois em tiras
  • 3 dentes de alho
  • 1 pimenta malagueta, cortada em fatias finas
  • 2 cm de gengibre fresco, ralado
  • 2 colheres (de chá) de curry
  • 1/4 colher (de chá) de açafrão
  • 5 tomates maduros (ou tomates enlatados fora da estação)
  • 2 colheres (de sopa) de suco de limão
  • 400 ml de leite de coco
  • 2-3 colheres (de sopa) de coentro fresco picado + um pouco mais para enfeitar
  • Sal + pimenta

Preparação:

  1. Aqueça o óleo de coco em uma panela grande e frite a cebola, o alho, a pimenta e o gengibre. Adicione o curry e açafrão e mexa bem.
  2. Coloque as coxinhas de frango na frigideira e frite bem por todos os lados. Se você tem um grelhador à mão, pode grelhar as pernas e assim encontrar o típico aroma de fumaça.
  3. Adicione os tomates picados, o suco de limão, o leite de coco, os coentros, o sal e a pimenta e cozinhe em fogo baixo por cerca de 45 minutos.
  4. Enfeite com coentro fresco.

Outros artigos quentinhos, saídos do forno!



Comentar este artigo