Menu Digite o nome da receita, ingrediente...

7 maneiras de cozinhar o peixe sem se complicar a vida!

Stock-Adobe-Annaileish

Se você tem dúvidas de como preparar um peixe em casa ou de como prepará-lo de determinada maneira, fique conosco, vamos revelar 7 maneiras de prepará-lo.

Para cozinhar um peixe sem quebrar a cabeça, você tem a escolha entre estes diferentes  cozimentos, cada método tem suas vantagens e seus inconvenientes: 

  • no forno
  • na frigideira
  • na panela
  • no vapor

eu quero cozinhar meu peixe no forno

7 maneiras de cozinhar o peixe sem se complicar a vida!

Zero aborrecimento para este modo de cozimento e é a certeza de não ter um peixe seco. Existem muitas maneiras de fazê-lo.

 Com um curto umedecimento, o método tradicional

  • Unte com manteiga um refratário 
  • Coloque sal e salpique com échalote picadinha
  • Coloque os filés de peixe, depois molhe até a metade dos peixes com vinho branco e/ou um fumet de peixe 
  • Cubra com um papel manteiga untado com manteiga (para evitar que ele se cole ao peixe).
  • Leve a assar, em forno a 180°C, por 5 a 10 minutos, dependendo da espessura dos filés. 

 Vantagem: o peixe se conserva bem macio, fica ótimo com peixes como salmão, dourado, bacalhau fresco, cação, pintado, robalo...

Inconveniente: é melhor fazer seu próprio fumet, mas certamente é mais demorado.

Em papelote: o método anti quebra cabeça

  • Corte grandes retângulos de papel manteiga
  • Faça um leito de guarnição (aromas do tipo cebola, échalote, alho, gengibre, etc. legumes finamente cortados e temperados com sal)
  • Coloque o peixe sobre a guarnição e salgue ligeiramente.
  • Coloque um filete de azeite 
  • Feche o papelote e leve ao forno, a 180°C, por uns 10 minutos.

 Vantagem: é um prato completo, rápido de preparar, perfeito para os peixes de carne frágil  como Saint. Peter (filé de tilápia), pescada, merluza... É impossível errar e o peixe fica macio graças ao cozimento à l'étouffée (cozimento fechado= dentro do papel ou panela hermética...).

Inconveniente: mais adaptado às pequenas refeições.

Peixe rôti: o método minimalista

  •  Pincele bem seu peixe com óleo e tempere.
  • Leve ao forno, a 180°C, num refratário por uns 10 minutos

 Vantagem: receita simplíssima

Inconveniente: o peixe corre o risco de ficar mais seco se você o deixa assar demais e além disto requer mais adição de gordura.

eu quero cozinhar meu peixe na frigideira

Stock-Adobe-Bill

Alguns peixes soltam mais suas características quando são cozidos na frigideira. É bem prático também para pequenos peixes tipo badejo, merluza, pescada, bacalhau fresco... Chamamos isto de peixes salteados. Existem muitas maneiras de fazê-lo, de acordo com o tipo de peixe.

Para as grandes peças, tipo pavé de  salmão ou bacalhau fresco, o cozimento à unilateral é aconselhado

  • Aqueça  azeite numa frigideira
  • Tempere o salmão (ou outro pedaço de peixe) depois coloque-o na frigideira, lado da pele para baixo e deixe cozinhar até que a carne deixe apenas de ser translúcida (o salmão pode ser servido semi cozido).
  • Sirva sobre um leito de legumes, a pele para baixo.
  • Durante o cozimento, não hesite em salpicar a parte de cima do peixe com o óleo da frigideira.

 Vantagem: a pele fica crocante e o cozimento é fácil de controlar. 

Inconveniente: método mais adaptado às pequenas refeições.

Para pequenas peças, tipo filés de merluza, bacalhau fresco, linguado, etc. gostamos do cozimento bem simples como o seguinte:

  • Passe os flés de peixe na farinha temperada
  • Sacuda bem (para tirar o excesso) e depois cozinhe em frigideira com óleo.
  • Sirva com suco de limão e ervas frescas

Vantagem: fácil e rápido, é a verdadeira cozinha francesa familiar(como o nosso famoso lambari  frito).

Inconveniente: é mais gorduroso e não se presta a peixes muito frágeis como a pescada.

eu quero cozinhar meu peixe numa Panela

Stock-Adobe-Cobraphoto

Neste caso, eu opto para um peixe cozido em caldo curto

  • Prepare um caldo curto numa panela com água, cenoura cortada e rodelas, cebola em rodelas, vinho branco, grãos de pimenta do reino, um pouco de sal grosso e um bouquet garni.
  • Deixe esfriar o court bouillon (caldo curto).
  • Coloque os pedaços de peixe no court bouillon frio e depois leve a ferver.
  • Deixe cozinhar durante alguns minutos
  • Sirva com um molho tipo manteiga derretida + limão + ervas.

 Vantagem: cozimento sadio e sem gordura.

Inconveniente: menos rápido de preparar do que os outros modos de cozimento + é preciso acrescentar um molho, é mais simpático.

eu quero cozinhar meu peixe no vapor

Stock-Adobe-Ekramar

Este cozimento se adapta muito bem ao peixe e permite ter uma carne macia.

Para fazê-lo 

  • Tempere seus pedaços de peixe
  • Cozinhe-os num forno a vapor, numa panela a vapor, num cesto a vapor  colocado sobre uma panela com  água fervente.
  • O peixe está cozido quando a carne deixa de ser translúcida.

Vantagem: é um peixe muito sadio.

Inconveniente: adeptos de peixes crocantes passem longe, salvo se vocês terminarem o cozimento na frigideira...

.

Outros artigos quentinhos, saídos do forno!



Receitas e dicas em vídeo!

Você já ouviu falar no PEIXE EM PAPELOTE? Aprenda a preparar com nossa vídeo receita!

Fácil, rápida, econômica e prática, é está receita deliciosa de peixe em papelote!

Você vai precisar apenas de tempero, legumes cortados em julienne, rodelas fininhas de limão  e filés de peixe da sua preferência (robalo, pargo, merluza ou badejo). Para envolver o peixe e os legumes, você pode usar o papel antiaderente, como no vídeo, ou outro que dê para ir ao forno. 

Feito o papelote, leve ao forno médio (180°C) por cerca de 10 minutos. Depois desse tempo, verifique se está assado, pois o tempo poderá variar de acordo com a potência do seu forno.

Se desejar finalizar esta delícia, pode servir o "envelope" com batatas cozidas e/ou aspargos. O prato ficará encantador, atendendo todos os sentidos.

Então, é só servir e se deliciar! 

Ingredientes:

  • 4 filés de peixe
  • 300 g de legumes cortados em julienne
  • 1 limão siciliano
  • Tomilho
  • Sal
  • Pimenta Caiena ou do reino

 

 

 

Comentar este artigo

Bolo Mágico de 3 Camadas 5 receitas simpáticas para comer mais legumes!