Menu Digite o nome da receita, ingrediente...

Primavera: Chef Antônio Passos ensina receita imperdível com flores comestíveis

Por,
Receitas sem Fronteiras

Depois de um inverno atípico, com dias muito frios, vem chegando a primavera. Nas refeições, nos despedimos dos caldos e pratos mais gordurosos, para trazer mais frescor e leveza à mesa. O chef Antonio Passos, que comanda a cozinha do Windsor Brasilia, separou uma receita perfeita para celebrar a chegada da estação mais colorida do ano. 

Salada Spring Fever

Salada Spring Fever

A salada Spring Fever mistura frutas e verduras bem frescos. E ainda leva flores comestíveis, que além de lindas, são super saborosas. Um charme a mais no prato, com elementos leves, coloridos e diferentes. Confira a receita: 

 

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de melão cortado em cubos
  • 1 xícara de chá de manga cortada em cubos
  • 1 xícara de chá de kiwi cortado em rodelas
  • 1 xícara de chá de alface cortados em tiras
  • 1/2 maço pequeno de rúcula
  • 10 folhas de alface mimosa
  • 1 cubo de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 8 flores comestíveis (exemplos: amor-perfeito, tagetes, lavanda, rosas, capuchinha, entre outras)


Modo de preparo:

  1. Distribua as folhas de alface mimosa em pratos e reserve.
  2. Em uma tigela, coloque o melão, a manga, o kiwi, a alface em tiras e a rúcula e misture delicadamente.
  3. Para preparar o molho, dissolva em uma tigela pequena, o cubo de caldo de legumes em suco de limão, azeite e misture até ficar homogêneo.

Montagem do prato:

Junte todos os preparos nos pratos com a alface, finalize com o molho e decore com as flores.

Outros artigos quentinhos, saídos do forno!



Receitas e dicas em vídeo!

O guacamole mexicano que sempre fará sucesso nos seus aperitivos

Que tal variar o cardápio e experimentar este delicioso guacamole mexicano? Garantido que você vai se apaixonar!

Comentar este artigo

Estas almôndegas de frango com molho barbecue são imperdíveis! 20 ótimas razões para não abandonar os carboidratos