Menu Digite o nome da receita, ingrediente...

Variando a alimentação do bebê!

Conselhos para ter sucesso na variação alimentar do bebê

Do nascimento até 6 meses, o leite materno ou leites infantis são o centro da alimentação do bebê. Os pais debutantes ficam às vezes tentados a introduzir um pouco rapidamente novos alimentos, no entanto, precauções devem ser tomadas quando se deseja variar a alimentação do bebê. É importante respeitar as etapas do desenvolvimento e proceder progressivamente, com cautela e paciência.

De 5 a 8 meses:

Se bem que seja preferível esperar a idade de 6 meses, principalmente para as crianças predispostas às alergias alimentares, podemos a partir de 5 meses e até os 8 meses completos, propor ao bebê outros líquidos além do leite materno, mesmo se este continua como alimento principal.

Começamos por legumes digeríveis, pois eles são pobre em fibras. bem cozidos, liquidificados finamente e diluídos na mamadeira de leite, propostos de preferência na refeição do meio dia. 

Você pode, pouco a pouco, propor uma mamadeira mais espessa. Alguns exemplos: vagens, espinafres, abobrinhas sem pele e sementes, o branco do aipo, e cenouras. Os sucos de frutas não são ainda recomendados.

Duas semanas depois dos legumes, experimentamos as frutas cozidas: peras, maçãs, pêssegos, bananas e damascos. Cozidos e liquidificados sem colocar nunca açúcar.

Pouco a pouco você pode preparar purês de textura menos homogênea. As frutas podem ser consumidas no almoço ou lanche.

De 5 a 7 meses, você pode também colocar uma colher (de café) de carne ou peixe liquidificados com os legumes e de 7 a 8 meses, 2 colheres (de café) por dia. Podemos também começar com os ovos somente depois dos 7 meses, começando com 1/4 de ovo cozido por dia, mas não ao mesmo tempo que a carne ou peixe.

De 9 a 12 meses:

Depois dos 9 meses, propomos as frutas, legumes, batatas, massas, cereais, carne, peixe, ovo, de acordo com o caso,  em purê, purê de frutas, pedacinhos ou mixados. Mas não mais que 20 g de carne ou peixe e meio ovo cozido. O leite é ainda essencial, mas podemos também fazer o bebê experimentar os produtos de laticínios especiais para bebês. 

De 1 a 3 anos:

Depois de 1 ano, levamos a criança a descobrir pouco a pouco novos sabores e texturas. Entretanto, até a idade de 3 anos, o leite semelhante ao materno ou de crescimento é indispensável com 500 ml por dia. Podemos, no entanto, oferecer iogurtes, queijos brancos e um pouco de queijo. Evitar os alimentos e bebidas muito doces, muito gordurosos ou leite desnatado. Quando os primeiros dentes do bebê aparecem, ele começa a mastigar e engolir melhor e suas funções digestivas se desenvolvem: você pode deixá-lo experimentar pequenos pedaços e tocar com as mãos. Uma boa maneira de promover seu despertar para este período de grande evolução onde o bebê começa a afirmar sua personalidade.

De maneira geral, não procure ir muito rápido, uma descoberta de cada vez é suficiente (evite misturar muito os sabores). Respeite o ritmo do seu bebê, mas também seus gostos e preferências. Se ele recusa um alimento, não insista mas não hesite em propô-lo novamente alguns dias mais tarde. Se ele não quiser terminar seu prato, não o force: ao contrário dos adultos que comem sem fome, por gulodice, o bebê, é ele capas de adaptar bem cedo as quantidades às suas necessidades reais. Assim, se ele comeu bem no almoço, não será surpresa se ele comer menos na refeição seguinte. Um bom hábito que ele perderá, com certeza, crescendo! Você compreendeu do que estou falando? 

 

É bom ressaltar que a introdução pouco a pouco de alimentos separados para o bebê tem duas grandes vantagens: verificar do que ele gosta ou não e principalmente a reação do seu organismo àquele alimento, ou seja, se ele é ou não sensível ou alérgico a ele. isto evita surpresas desagradáveis!

 

Outros artigos quentinhos, saídos do forno!



Receitas e dicas em vídeo!

GRANOLA CASEIRA que você pode fazer sempre fresquinha!

Se você curte GRANOLA, e melhor pedida é fazer em casa, assim, você escolhe os ingredientes, compra naquela loja que você confia e, no final, fica tudo ao seu gosto! Agora, se você não tinha a receita, agora tem! 

Ingredientes:

  • 30 g de óleo
  • 60 g de mel
  • 4 grandes pitadas de sal
  • 350 g de flocos de aveia
  • 175 g de amêndoas
  • 125 g de cranberries ou passas 
  • 1 clara de ovo grande
  • 75 g de sementes de moranga / abóbora (opcional)

 

Agora, é só seguir o vídeo ou, se preferir, confira nossa receita passo a passo de granola caseira!

 

Comentar este artigo

Um ZOOM sobre o VINHO ROSÉ, o vinho do verão! 10 delícias para você colocar sobre suas rabanadas e torná-las inesquecíveis